1/7

Últimas Notícias:

O que vai passar a

seguir na NRC?

Video (Homilia) na

Eucaristia da Semana

_blog_aquieagora_13052021.jpg

Publicado também no Twitter e FaceBook da Net Rádio Católica

Tem proliferado no meio artístico uma corrente de denúncia sobre pessoas – normalmente de estatuto dito superior – que não terão respeitado outras, isto é, exercendo assédio… umas vezes referido como sexual, outras sob o âmbito profissional ou mesmo social.


Foi este movimento apelidado de ‘me too’ (eu também), desde finais de 2017, onde várias pessoas – em especial do mundo do cinema, do teatro, da música, etc. – fizeram emergir casos de assédio sexual e, nalguns casos mesmo de abusos.

 1. Sobretudo áreas que lidam com o sigilo profissional podem – e em muitos casos vivem – ser confrontadas com assédios de vária ordem. Refiro-me aos padres, médicos/enfermeiros, jornalistas, advogados… Poderia ter escolhido enumerar campos de atividade, mas preferi salientar os que exercem essas atividades, pois é sobre eles, como pessoas concretas, que tal acontece, tomando os mais díspares contornos, situações ou quase disfarces. A isto designaria uma espécie de movimentação ‘so too’ (também eu)…para denunciar, esclarecer ou combater quem, mais vezes do que seria desejável, não respeita quem escuta e/ou engole, gratuitamente, desabafos alheios…

 2. Nalgumas circunstâncias o alcance do sigilo profissional como que faz calar algo que condiciona o trato com as pessoas. Tenho por adquirido – a partir da minha experiência ‘profissional’ – que se nós respeitamos escrupulosamente o segredo, nem sempre se poderá dizer o mesmo de quem nos contata. Com efeito, como se sabe algo que nos foi dito, senão fomos nós a divulgá-lo? Ou como se poderá saber o que dissemos, em consciência, como conselho e que outros o saibam de forma tácita ou mais ou menos explícita? Como atender e entender quem nos procura e não respeita a equidistância entre quem fala e quem escuta?

 3. Muito mal iria o nosso relacionamento como pessoas, se alguém ousasse chantagear outrem, pela simples razão de lhe ter confiado particularidades da sua vida. Há, no entanto, indícios de que algo começa a desviar-se dessa confiança mútua. Nesta época propensa a falar de tudo e do resto sem o mínimo da respeitabilidade – dos assuntos, das pessoas com quem se fala ou mesmo do modo como as questões são tratadas – haverá, de verdade, confidencialidade entre as pessoas? Não ocorrerá algum modo de divulgação (gravado, filmado ou até transmitido) sem autorização? Não ocorrerá a tentação de entalar o interlocutor, expondo o que é dito?

4. A título de exemplo deixo uma anotação da minha área de intervenção. Dizia alguém com sabedoria e prudência que os padres não são assediados (procurados, tentados ou adulados) por serem meramente homens mais ou menos bonitos (segundo certos (...)

caminho de emaus_logo.jpg

Publicado também no Twitter e FaceBook da Net Rádio Católica

Nesta edição do Programa Caminho de Emaús, temos uma entrevista com um Guarda Suiço, do Vaticano. Um programa muito interessante e que não poderá perder! E, em "Meditar a Palavra" vamos reflectir sobre as leituras da Ascensão do Senhor com a Irmã Maria do Carmo, das Pias Discípulas do Divino Mestre.

para ouvir o podcast, clique aqui

Liturgia do Dia:
Aniversariante do Dia:
_cq5dam.thumbnail.cropped.1500.844-11-40

Publicado também no Twitter e FaceBook da Net Rádio Católica

Responsáveis cristãos apelam à defesa dos direitos dos palestinos

Lisboa, 12 mai 2021 (Ecclesia) – O Conselho de Igrejas do Médio Oriente (MECC) lançou um apelo para que a comunidade internacional e todas as forças envolvidas intervenham para travar a violência em Jerusalém, salvaguardando os direitos dos palestinos.

 

“Essas pessoas têm o direito de viver uma vida digna, segura e próspera”, refere um comunicado divulgado pelos responsáveis cristãos, questionando despejo de

(...)

«É consciencializarmos que nós cristãos temos uma mensagem a transmitir ao mundo«

Pe. Sílvio Couto na Homilia da Eucaristia no VI Domingo da Páscoa - Ano B

(clique aqui, para aceder à versão legendada)

 

amanhecer.jpg

Clique aqui

Vésperas

Completas